Conservação da Biodiversidade Através da Integração dos Serviços Ecossistêmicos no Setor de Políticas Públicas e no Setor Privado do País: Brasil

O Projeto pretende promover uma melhor compreensão do real valor econômico fornecido pelos serviços ecossistêmicos, por meio de uma avaliação quantitativa do capital natural, e disponibilizar ferramentas econômicas que levem tais valores em consideração, dentro do âmbito do Sistema de Contas Econômicas Ambientais (SCEA). O foco da consultoria é a assessoria à elaboração das Contas Ambientais Nacionais.

O Projeto oferece treinamento para colaboradores parceiros para desenvolver e analisar a contabilidade ambiental-econômica de acordo com a abordagem SCEA, promovendo o intercâmbio com a ciência e compartilhando informações com organizações internacionais, como Banco Mundial e Nações Unidas.

No final da consultoria, os principais atores devem aplicar métodos e instrumentos adequados para elaborar as Contas de Água e Floresta. Os parceiros do Projeto são o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, Agência Nacional de Águas - ANA, Ministério do Meio Ambiente - MMA e o Serviço Florestal Brasileiro - SFB.

Cliente: GIZ | Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE | Ministério do Meio Ambiente - MMA | Agência Nacional de Águas - ANA

Consórcio: GITEC Brasil | ECO | Universidade de Viena

Data do Projeto: 11/2017 - 11/2018